Data e Hora
Untitled
Acabou o Amor!
26/09/2016 - 20h39 em Opinião

1 Coríntios 13.8 prt- B 

O amor jamais acaba...

Se acabou nunca foi amor!

 

São recorrentes as notícias sobre a separação de casais famosos como recentemente foi um alarido a de dois jornalistas famosos, assim também como a de dois atores internacionais, mas esses casos estão longe de serem os únicos e os últimos, o divórcio cresce cada vez mais inclusive entre os cristãos evangélicos.

É muito lindo quando ouvimos um Eu te Amo!

Se você ainda não ouviu, anseia com certeza para ouvir. Em alguns casos não importa de quem venha pode ser de parentes, amigos, namorado (a), marido, esposa etc.

Mas, você já parou para pensar o que realmente significa esta frase ou essa palavra?

Por ser cristã e crer veementemente na Bíblia, nela encontro a definição perfeita para o seu real significado!

O Amor é muito mais do que as letras que as canções falam, ou do que os poetas descrevem. Com base em 1 Coríntios 13 temos um norte da dimensão do amor.

Muitos podem dizer: Ohw o amor é lindo! Sim o Verdadeiro Amor é lindo!!!

Estamos vivendo numa sociedade que banaliza o amor, dizendo ser amor, todo gesto “bonitinho” como; dois namorados juntinhos, ou quando uma pessoa se apaixona por outra, ledo engano.

O amor de verdade aparece e prova que é amor com o passar do tempo!

O que é verdadeiro nunca acaba, se acabou não era amor, porque mais do que um sentimento, o amor é uma decisão, uma escolha que acarreta em cuidado, dedicação, tolerância, gentileza, equilíbrio, preocupação e medo.

Medo? Sim, medo da perda! Mas não por motivos egoístas e sim porque não poderá mais compartilhar sua vida com a pessoa amada.

Devemos lembrar que você não tem que esperar até 'sentir' amor. E sim tomar a decisão de amar e agir pois o amor exige provas consantes de que é real.

No amor, os sentimentos são constantes, firmes e sinceros.

Com a distância o verdadeiro amor só tende a aumentar. Isto pode ser chamado de “prova de fogo”. Se mesmo longe a pessoa sente falta do outro, sente falta da sua voz, da sua conversa, da sua presença ... então, ela realmente ama.

 

Infelizmente o amor não têm durado muito e a tendência é que o número de divórcio aumente.

 

 Carol Silva

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!